sexta-feira, 28 de abril de 2017

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Um dos grandes nomes do cenário musical canadense, Dan Hill está na ativa há mais de três décadas produzindo uma mistura refinada de AOR/Westcoast que encanta o mais exigente entusiasta desses estilos. Ainda, Hill tem em seu currículo uma longa série de canções escritas para outros artistas e também tem material próprio constantemente regravado. Ou seja, o cidadão sabe o que faz... e como poucos. Exatamente em 1991 ele lançou seu décimo trabalho e para promover o álbum o single "Is It Really Love" chegou às lojas trazendo a refinada mistura já citada. Para quem já era familiarizado com os bons sons de Hill, veio a confirmação da alta qualidade de seu trabalho como intérprete e compositor.

A ótima "Is It Really Love" é um mid-pacer com evidente base de piano acompanhado por uma guitarra marcante e uma linha de baixo envolvente. Seguindo o mais tradicional formato do estilo, as b-sections são levemente crescentes, levando a um refrão impactante, mesmo sem ser explosivo. Dan Hill faz uso perfeito de seus vocais, criando uma canção que consegue ser marcante sem ter a pompa que o estilo normalmente carrega em si. Uma belíssima canção que merece o já tradicional volume máximo e múltiplas audições.

Na sequência temos "Am I Fooling Myself", outro mid-pacer de primeira linha, mas com uma levada diferente. Aqui, o baixo assume a linha de frente e tem a base pontuada por guitarras discretas, mas muito eficientes. O vocal suave desfila com facilidade  por b-sections e pelo refrão absolutamente envolvente, onde as guitarras ganham um pouco mais de espaço. Se houvesse um livro "Mid-Pacers For Dummies", tenho certeza de que essa canção estaria lá. Outro grande momento que merece volume máximo e múltiplas audições.

O canadense Dan Hill, circa 1991
Finalmente, "Dance Of Love" é uma balada tradicionalmente westcoast, com base construída em piano e baixo em primeiro plano, tendo as guitarras ao fundo. O arranjo também traz as características mais relevantes do westcoast, assim como andamento e, principalmente, o arranjo vocal. Uma belíssima canção que retrata de maneira precisa a alta qualidade do trabalho de Dan Hill. Volume máximo e múltiplas audições, uma vez mais.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, esse single serve como cartão de visitas para o sempre eficiente Dan Hill. E digo isso porque, vergonhosamente, seu trabalho não é muito conhecido até por muitos entusiastas do westcoast, onde ele teve mais destaque. É altamente recomendado buscar seus álbuns e ouví-los em ordem cronológica para ter-se uma clara ideia do desenvolvimento de seu trabalho, especialmente como compositor. Mas "Is It Really Love" pode fazer o papel introdutório à  belíssima carreira que Dan Hill continua a construir. Material de alta qualidade e absolutamente recomendável...

DAN HILL - Is It Really Love
Released in 1991 via Pump Records
Cat. #90 70582

Tracklist
01 Is It Really Love
02 Am I Fooling Myself
03 Dance Of Love

Musicians
Dan Hill: vocals
Charles Judge: keyboards, drum programming
John Pierce: bass
Neil Stubenhaus: bass
Jerry Watts: bass
Chas Sanford: guitars, acoustic guitars, cyclorama
Ron Komie: guitars
Rob Pilch: guitars
Doug James: drum programming, keyboards
Kevin McKenzie: additional drums
John Sheard: keyboards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Existem várias bandas por aí que buscam emular os excelentes sons do Toto , mas poucas conseguem resultados satisfatórios, ainda mais qua...