sexta-feira, 29 de maio de 2009

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Rick Springfield é figura carimbada no cenário musical, estando em atividade desde 1974, quando ainda era membro do The Zoot. Mas o som desse australiano evoluiu muito desde então. Um dos álbuns que eu mais curto do cara é esse “Rock Of Life”, de 1988. Tenho ótimas lembranças de suas apresentações em Toronto e Montrèal, e de assistir alguns dos vídeos na MTV. Além disso, musicalmente falando, esse álbum é mais coeso que o antecessor e multi-platinado “Tao”, além de trazer mais equilíbrio entre os recursos eletrônicos tão usados na época.

O álbum abre com “Rock Of Life”, faixa que dá o tom do álbum com suas guitarras e teclados que disputam sua atenção num rocker vigoroso. Uma faixa maravilhosa, prá falar pouco, pode crer. Já “World Starts Turning” é um rocker bastante interessante com linha de bateria bem bacana e um refrão volumoso, que se destaca na melodia majoritariamente midtempo.

Não muito diferente é “Tear It All Down” que funcionava muito bem ao vivo, mas que não deixa nada a desejar em seu sistema de som, especialmente no volume máximo. Outra faixa que merece citação é “Dream In Colour” com sua atmosfera de 80’s soundtrack e, talvez por isso, me agrade tanto. Um rocker bastante simples, porém eficiente. Mas um dos grandes destaques desse álbum é a destruidora “Hold On To Your Dream”, que já mostra suas credenciais logo na marcação inicial da bateria, descambando num rocker envolvente. Mas tem mais...hehehe.

Em “Honeymoon In Beirut” temos um mid-pacer excelente, com linha de baixo dominante e linha vocal muito bacana, onde lead e backing vocals se alternam, quase que num dueto. Já em “Soul To Soul” o mid-pacer ganha guitarras mais pesadas no refrão que desponta de uma melodia calcada em baixo e teclado, cortada por riffs de guitarra. Muito, muito bacana mesmo. Ainda mais um mid-pacer em “Woman” que me faz lembrar do Starship. Acho que a melodia e a métrica se assemelham bastante à algumas canções da banda de San Francisco. Fechando a álbum, a simpática “(If You Think You’re) Groovy” poderia ser mais agradável com mais peso nas guitarras.

De qualquer maneira, considero “Rock Of Life” como o melhor álbum de Rick Springfield na década de 80, e certamente, um de seus mais significativos trabalhos em sua discografia. Não bastasse a produção perfeita do veterano Keith Olsen - e do próprio Springfield – o álbum vem carregado de grandes canções e, de quebra, um time estelar de grandes nomes. Esse foi o trabalho em que Rick Springfield mais se aproximou do AOR. Uma pena ele não ter tentado mais uma vez....

RICK SPRINGFIELD – Rock Of Life
Released in 1988 through RCA Victor (Japanese Edition)
Cat. #R32P-1140

Tracklist
1. Rock of Life
2. Honeymoon in Beirut
3. World Start Turning
4. One Reason (to Believe)
5. Soul to Soul
6. Tear It All Down
7. Woman
8. Dream in Colour
9. Hold on to Your Dream
10. (If You Think You're) Groovy

Musicians
Rick Springfield – Vocals, Guitars, Keyboards, Sampling, Backing Vocals, Percussion
Tim Pierce – Guitars
Dan Huff – Guitars
Alan Pasqua – Keyboards
Bill Cuomo – Keyboards
Kimo Cornwell – Keyboards
Curt Cress – Drums, Percussion
Randy Jackson – Bass
Carol Steele – Percussion
Larry Williams – Sax
Gary Herbig – Sax
Jerry Hey – Trumpet
Gary Grant – Trumpet
Bill Reichenbach – Trombone
Tommy Funderburk – Backing Vocals
Rose Banks – Backing Vocalsand Solo Lines
Maxi Anderson – Backing Vocalson “Soul to Soul” & “(If You Think You’re) Groovy”
Fred White – Backing Vocals
Jean Johnson-McRath – Backing Vocals
Richard Page – Backing Vocalson “One Reason”

Horn Arrangement on Rock of Life: Rick Springfield, Larry Williams
Horn Arrangement on Hold On To Your Dreams: Larry Williams

2 comentários:

adriana disse...

For all you Rick Springfield fans out there, he has a new album of children's lullabies which was released on March 10 and is now available.

adriana disse...

and I forgot to mention that his album is titled "My precious ones"

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...