sábado, 24 de março de 2012

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Um dos grandes nomes no Night Ranger, o baixista e vocalista Jack Blades sempre teve lugar de destaque dentro da banda, mas não só ali: na verdade, com o Damn Yakees e o Tak Matsumoto Group, Blades sempre desempenhou seu papel com maestria. E em "Rock'n Roll Ride" mais uma vez ele se supera em sua carreira solo, trazendo uma belíssima coleção de canções e interpretações acima da média.

O álbum abre com "Back In The Game", um rocker muito bacana, simples e direto, com guitarras envolventes e um refrão eficiente. Já "Rock'n Roll Ride" tem guitarras mais bem postadas e melodia mais simples, além de contar com bridges crescentes e refrão marcante, o que fazem dessa canção um dos destaques do álbum. Outra canção que merece sua atenção é "Born For This", um radio friendly rocker muito bacana, com guitarras precisas e um refrão que facilmente está entre os melhores do álbum. Canção para ser ouvida com as janelas abertas naquele dia de sol. Seguimos com "Hardest Word To Say", uma balada caprichada, com base acústica acompanhada por guitarras que tomam conta do refrão explosivo, no mais tradicional estilo AOR. Belíssima canção e, certamente, outro destaque do álbum.

Em "Anything For You" temos um mid-pacer simples sob qualquer aspecto, e acredito que é essa simplicidade que traz tanto brilho à canção que conta com os inconfundíveis vocais de Robin Zander (que presta bons serviços ao Cheap Trick). Gosto muito da melodia, arranjo e andamento dessa canção que classifico sem medo como outro grande destaque do álbum. E "Love Life" retoma o caminho rocker com propriedade, apresentando uma melodia animada e ótimo arranjo, especialmente nos vocais. Mais uma canção que merece audições múltiplas e que classifico como destaque, assim como "West Hollywood", um mid-pacer bacana que conta com base acústica e melodia envolvente e refrão forte. Bela canção que precede "Say You Will", outro radio friendly rocker caprichado que conta com melodia de primeira classe e refrão marcante, o que faz essa canção ser apontada como outro destaque do álbum e que, por isso mesmo, merece sempre decibéis no máximo possível!!!

Na reta final do álbum temos "Don't Give Up", um mid-pacer muito bacana onde a base acústica se faz presente uma vez mais. Gosto muito do arranjo e andamento dessa canção, e também do refrão que está entre os melhores do álbum. Mais um destaque, com toda certeza, assim como o rocker "Rise And Shine" e seu arranjo que me lembra - e muito - o Damn Yankees. E volume máximo para "Hey You", balada muito bacana, com arranjo tradicional e melodia bem amarrada. Canção perfeita para fechar o álbum.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, mais uma vez Jack Blades lança um álbum excelente. E acho revigorante ouvir material que usa e abusa de bases tradicionais soar tão contemporâneo. Isso só mostra o talento que Mr. Blades tem para compor grandes canções. Acredito que outros amantes dos bons sons perceberão semelhanças com o material do Night Ranger (cujos colegas tocam no álbum, é bom lembrar) ou Damn Yankees algumas vezes, mas isso só serve para mostrar a alta qualidade do material que integra o tracklist do álbum. Uma excelente coleção de canções lhe aguarda aqui e pode acreditar, esse álbum é muito bem descrito pelo título que ostenta. Material mais que recomendado...

JACK BLADES - Rock'n Roll Ride
Released on March 23rd 2012, via Frontiers Records (European Pressing)
Cat. #FR CD 547

Tracklist
01 Back In The Game
02 Rock ‘N’ Roll Ride
03 Born For This
04 Hardest Word To Say
05 Anything For You
06 Love Life
07 West Hollywood
08 Say You Will
09 Don't Give Up
10 Rise And Shine
11 Hey Now

Musicians
Jack Blades – Vocals, Bass, Guitar
Joel Hoekstra – Guitar
Will Evankovich – Guitar, Mandolin, Sitar, Backing Vocals
Kelly Keagy – Drums
Brian Tichy – Drums
Eric Levy – Keyboards
Christian Matthew Cullen – Keyboards
Robin Zander – Vocals

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...