quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

GUNNAR NELSON FALA SOBRE A DÉCADA DE 90

A década de 90 foi marcada pelo movimento grunge, que assolou o planeta e mudou radicalmente o cenário musical. Sobre o assunto, Gunnar Nelson (foto), que concedeu entrevista à Noisecreep, falou poucas e boas sobre o tema.

Quando perguntado sobre o que mudou na indústria desde a época em que o Nelson teve seu primeiro sucesso, Gunnar respondeu: "A única coisa que é consistente na indústria da múscia é a inconsistência. Então, nós só podemos controlar aquilo que fazemos e descobrimos no início o que nos torna únicos - é a harmonia fraternal. Nós crescemos focados naquele tipo de sonoridade, que acabou sendo nosso norte. Durante nossa primeira tour, nossa gravadora assinou com o Nirvana, que criou a maior mudança de paradigma na história da música. Eu sempre me vi primariamente como compositor, mas durante os 'anos das camisas de flanela', como eu os chamo, se você não fosse viciado em heroína, ou fosse de Seattle, as rádios simplesmente não tocavam sua música. Então, enquanto as coisas mudaram muito, nós nos mantivemos fiéis à nós mesmos e conseguimos sobreviver à grandes mudanças".

Um tanto preconceituoso o comentário sobre as drogas, mas não deixa de ter um fundo de verdade o trecho eu que se refere às bandas serem de Seattle.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...