sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

O canadense Paul Janz é um dos mais respeitados nomes no cenário AOR daquele país. Tendo iniciado sua carreira solo em meados da década de 80, Janz despontou para o mercado internacional com o excelente "Electricity" - lançado em 1987 - mas o trabalho que mais curto em sua discografia é "Renegade Romantic", que chegou às lojas em 1990. 

Com a sonoridade não muito distinta de seu trabalho anterior (onde o radio friendly AOR e o AC Rock predominam), esse álbum traz arranjos mais elaborados e com uma certa diversidade, mas mantendo a coesão do início ao fim. Se você curte os estilos citados, acredite, "Renegade Romantic" é uma escolha certeira!!!

O tal radio friendly AOR é encontrado nos ótimos rockers "Every Little Tear" (assista ao vídeo aqui), "Rocket To My Heart" (assista ao vídeo aqui) e na poderosa "One Lovin' Touch", um dos grandes destaques desse álbum. Todas essas canções contam com melodias fáceis e refrões explosivos, na melhor tradição do bom e velho AOR e, portanto, merecem volume máximo e janelas abertas.

O approach mais AC Rock se revela presente nos excelentes mid-pacers "Hold Me Tender", "Almost Heaven" (outro grande destaque do álbum) e "Stuck On You". Aqui, as melodias são mais suaves, com os teclados em primeiro plano, mas que isso não soe como demérito. Ao contrário, esse detalhe soa perfeito dentro dos arranjos de cada uma das canções citadas e cada uma delas merece sua atenção e aquele costumeiro volume máximo.

Paul Janz, circa 1990
E enquanto "Love Walks In" surge como um pop rock centrado nos teclados, "Stand" desponta como a única balada do álbum, com um arranjo que coloca igualmente baixo e teclados na linha de frente. Ambas merecem sua atenção e audições múltiplas. Já as últimas dias canções não me agradam e recomendo que vocês ouçam e tirem suas próprias conclusões.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, "Renegade Romantic" soa - e muito - como uma extensão do clássico "Electricity", e isso é muito, mas muito bom. Como já citei, percebo uma evolução no trabalho de composição e arranjos de Paul Janz, detalhes decisivos para o sucesso de qualquer álbum além da produção excelente. 

Janz ainda lançaria mais um álbum em 1992, antes de se afastar definitivamente do mundo da música. Hoje, ele é o chefe do departamento de teologia e estudos religiosos da King's College de Londres, e também é professor de teologia filosófica naquela instituição. Enfim, se você ainda não é familiarizado com os bons sons de Paul Janz, o obrigatório "Renegade Romantic" é um excelente começo, pode apostar...

PAUL JANZ - Renegade Romantic
Released in 1990 via A&M Records Inc. (Japanese Pressing)
Cat. # PCCY-10118

Tracklist
01 Every Little Tear
02 Hold Me Tender
03 Rocket To My Heart
04 Almost Heaven
05 Stand
06 Stuck On You
07 Love Walks In
08 One Lovin' Touch
09 Darling Drive
10 Saddle Up

Musicians
Paul Janz: vocals, keyboards, drum programming, synth bass
Tim McKenzie: guitars
Michael Root: drums
Rob Bailey: keyboards, programming
Miles Hill: bass

Guest Musicians
Jim Bralower: drum programming
Tom Coclough: saxophone
Phil Chanel: keyboards
Jim McGillveray: percussion

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STEPHEN PEARCY DIZ QUE O NOVO ÁLBUM DO RATT SERÁ "MUITO DIFERENTE" DE SEU ANTECESSOR

O veterano Stephen Pearcy, circa 2017 E o antecessor foi "Infestation" , de 2010. Nesse meio tempo, vale lembrar a briga judi...