sexta-feira, 7 de outubro de 2016

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

O veterano Jimmy Barnes é uma das mais respeitadas e ativas vozes no cenário rocker australiano. Nascido na Escócia e criado na terra dos cangurus, Barnes tem mais de quarenta anos de estrada e uma infindável sequência de excelentes álbuns e singles marcantes, como "It Will Be Alright", lançado em 1994 para promover o espetacular álbum "Flesh And Wood", que havia chegado às lojas em Dezembro de 1993. Com uma proposta unplugged - absolutamente inversa aos rockers cavalares e com vocais explosivos que são marca registrada de sua carreira - o álbum fez muito sucesso, impulsionado pelos singles cuidadosamente escolhidos. E não há como negar que "It Will Be Alright" cumpriu seu papel com maestria.

"It Will Be Alright" é uma balada envolvente, onde violões são acompanhados por um baixo proeminente, emoldurando os costumeiramente poderosos vocais de Jimmy Barnes. Aqui, a energia e explosão vocal dão lugar a uma interpretação delicada e muito caprichada. O arranjo é muito bem construído e o conjunto de cordas dá um toque intimista e de sofisticação ao que já era muito bacana. Essa é uma daquelas canções que merece ser ouvida não apenas no volume máximo possível, mas principalmente com atenção aos muito detalhes que fazem dela um dos maiores sucessos da carreira de Jimmy Barnes, fato que é comprovado pela sua frequente inclusão nos setlists de seus shows.

"Wheels In Motion" faz parte do álbum "Heat" (lançado em Março de 1993) e traz Jimmy Barnes em sua zona de conforto: um rocker arrasador onde guitarras e baixo se apresentam na linha de frente, acompanhando os frenéticos vocais de Mr. Barnes. Os versos e b-sections são muito bem amarrados e conduzem ao refrão arrasador que Mr. Barnes interpreta como poucos. Uma dose cavalar do melhor aussie rock e que merece sua total e irrestrita atenção, com janelas abertas, volume máximo e uma gelada na mão...

Jimmy Barnes, circa 1993
Finalmente, o remix para "It Will Be Alright" mantém toda a base melódica da versão original, mas aqui o baixo ganha mais espaço e há a adição de uma bateria programada no melhor estilo R&B que infestava as rádios na década de 90. O resultado não é ruim, longe disso, mas perde em comparação com a versão original, muito mais rica musicalmente, na minha opinião.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, o valor maior de "It Will Be Alright" reside no fato de mostrar Jimmy Barnes em um cenário completamente inverso ao que conhecemos. Não apenas isso, também mostra sua grande versatilidade e capacidade de interpretação. Seja no momento acústico ou naquele rocker explosivo, tão recorrente na longa e distinta carreira do australiano, Jimmy Barnes consegue sair-se muito bem em ambas as frentes, mostrando a já citada versatilidade e uma grande capacidade de adaptação. Jimmy Barnes é um dos grandes nomes do universo dos bons sons e merece estar em sua coleção, e caso você ainda não esteja familiarizado com seu trabalho, "It Will Be Alright" é um ótimo cartão de visitas...

JIMMY BARNES - It Will Be Alright CDS
Released in 1994 via Mushroom Records International BV.
Cat. # Alright 1 (D11790)

Tracklist
01 It Will Be Alright
02 Wheels In Motion
03 It Will Be Alright (Remix)

Musicians
Jimmy Barnes: vocals, acoustic guitar, percussion (1/2/3/)
Jeff Neil: acoustic guitar, bass, percussion, backing vocals (1/2/3)
Lawrie Minson: dobro guitar (1)
Tony Brock: drums (2)
Michael Hegerty: bass (2)
Phil Shenale: keyboards (2)
Sunil Da Silva: percussion (1/3)
Margaret Lindsay: cello (1)
Angela Lindsay: viola (1)
Marcus Holden: violin (1)
Michelle Kelly: violin (1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O IMPRESSIONANTE BOXSET DE "1987", CLÁSSICO DO WHITESNAKE

Grande clássico do Whitesnake ganha edição caprichada  para  comemorar seu  30º aniversário Lançado em 04 de Abril de 1987, o álbum ...