sábado, 31 de dezembro de 2016

E ESSE ANO FILHO DA PUTA DEIXOU O UNIVERSO DOS BONS SONS MAIS TRISTE

Peter Broman, a alma instrumental do Amaze Me
Não há dúvidas de que 2016 foi um ano maldito, do ponto de vista musical.

Pior que a avalanche de porcarias que chegaram ao mercado foram as várias mortes que assolaram o universo dos bons sons.

E no último dia do ano foi-se Peter Broman, o genial multi-instrumentista que junto com o vocalista Conny Lind, formava a dupla Amaze Me.

Na página da banda no Facebook, Lind escreveu: "É com o coração partido que anuncio que meu amigo de infância e irmão musical Peter Broman nos deixou devido ao câncer. Nós seguimos nossos sonhos musicais e produzimos vários álbuns do Amaze Me. Eu não digo adeus, apenas prepare tudo para mim aí no outro lado e me maravilhe quando eu estiver chegando. Tome conta e visite aqueles que você ama enquanto eles estão por aqui. Acredito que duraremos muito tempo nas mídias digitais...".

A dupla lançou quatro álbuns e uma coletânea entre 1995 e 2013, sendo que três deles - "Dream On" (de 1997), "Amaze Me" (de 1995) e "Guilty As Sin" (de 2013) - foram recomendados aqui, aqui e aqui, respectivamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

KEE OF HEARTS LANÇA PRIMEIRO VÍDEO

Arte do álbum de estréia do Kee Of Hearts Um dos projetos mais interessantes do ano - na minha modesta opinião - é o Kee Of Hearts que ...