sexta-feira, 24 de novembro de 2017

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Esta não é a primeira vez que eu digo que a Itália vem se consolidando como um celeiro do melhor AOR/Melodic Rock atualmente feito na Europa e as inúmeras bandas, artistas e projetos oriundos daquela terra são prova disso. Mas caso você precise de mais um exemplo, a Raintimes deve esclarecer quaisquer dúvidas que você ainda tenha. 

O projeto oferece o mais tradicional melodic rock contemporâneo, com um lineup repleto de nomes bastante conhecidos do cenário e qualidade de sobra. E enquanto ouvia o material, conversei com meu amigo Pierpaolo Monti e sugeri que ele fizesse um track-by-track para ser usado como resenha, trazendo um ponto de vista pessoal de quem estava no estúdio. Assim sendo, eis o que Pierpaolo disse sobre cada uma das canções:

Forever Gone: Esta é uma música muito especial para mim. Eu escrevi há alguns anos durante as sessões do meu CD de estréia da Shining Line, mas senti quase que essa música precisaria de um tipo diferente de som. Então, quando a idéia de fazer uma espécie de álbum inspirado no The Storm começou a crescer em minha mente, imediatamente propus a Dave que aceitou com entusiasmo trabalhar nisso: adicionamos algumas peças adicionais para completar sua estrutura e gravamos a primeiro demo-draft no mesmo dia em menos de 3 horas. Estávamos muito entusiasmados com isso!

"Forever Gone" também foi o verdadeiro "start-up" para todo o trabalho de mistura feito por Roberto Priori, que se mostrou graças a suas habilidades para ser um dos principais fatores por trás do objetivo alcançado pela Raintimes.

Make My Day: Esta é, na minha opinião pessoal, a música que mais lembra o The Storm no álbum inteiro. Iván González e Sven Larsson construíram juntos um incrível toque instrumental, colocando suas guitarras para dirigir toda a música. Uma das minhas músicas favoritas da nossa estréia.

Don't Ever Give Up: Eu e Dave escrevemos esta música juntos em uma de nossas sessões de estúdio, e ele o riff da introdução com seu piano. Pedimos a Iván para transformá-lo em um poderoso riff de guitarra, e o resultado foi realmente de primeira qualidade, especialmente com o contraste oferecido pelo refrão bastante melódico. Uma menção especial também é para Andrea Gipponi e suas super linhas de baixo, que levaram a música para o próximo nível.

Swan: Uma faixa bastante especial e pessoal para nós, escrita em memória da mãe de um amigo que faleceu há dois anos. Uma das performances vocais mais apaixonadas de Michael em todo o álbum, apoiado pelos grandiosos backing vocals de Dave e partes grand piano emocionais. Uma música da a qual estou realmente orgulhoso!

I Need Tonight: Escrito por nosso respeitado amigo Niclas Olsson (da Alyson Avenue e Sapphire Eyes), que também aparece como convidado nos teclados. A demo original foi cantada por Philip Lindstrand (Cruzh, Find Me), que fez um ótimo trabalho ... motivo pelo qual pedimos que ele deixasse parte de seus backing vocals para serem mixados com os de Dave na versão final da música . Uma ótima música com um sabor característico sabor escandinavo.

Raintimes: A faixa-título é uma trilha instrumental escrita e executada por Dave, que capturou perfeitamente a verdadeira essência da ideia de prestar homenagem ao The Storm, que é sentido em todo o álbum.

Just A Litte Bit More: Uma canção fantástica escrita pelo nosso guitarrista Iván González, e que precisamos revisitar a melodia principal do refrão. Nosso amigo e estrela, Alessandro Del Vecchio, participou dessa canção, fornecendo suas grandes habilidades em teclados e backing vocals, colocando o detalhe final para o que eu considero outro aspecto real do álbum. Eu amo essa canção!

Empty Days: Outra contribuição externa, vinda do nosso grande amigo Gianluca Firmo, que mostrou mais uma vez ser um compositor de alta qualidade. Uma balada muito emocionante e emocional, que um piuco retrabalhada a partir da demo original escrita por Gianluca. Outra performance superior de Michael atrás do microfone, que provou mais uma vez ser um cantor de qualidade superior em todas as coisas relacionadas com o rock e o pop.

Together As Friends: Essa composição começou a partir do riff de guitarra fornecido por Sven na introdução da faixa, que eu e Dave imediatamente amamos. Um clássico refrão de arena dos anos 80 é o que torna esta música especial, juntamente com o conteúdo lírico principal: escrevi as letras como homenagem a todos os amigos verdadeiros que tive a chance e o privilégio de encontrar ao longo do caminho.

Missing Piece: Talvez a música mais pessoal e próxima a mim e Dave em todo o álbum. Somos grandes amigos de Denis Abello, editor-chefe da Melodicrock.it, e sentimos a necessidade de escrever uma música para homenagear seu amado irmão, que faleceu há alguns anos atrás. Para uma música especial, também precisamos da contribuição de um amigo especial, então nosso talentoso amigo Dave Zublena da Soul Seller foi a terceira caneta envolvida na composição desta música especial. DESCANSE EM PAZ. Loris Abello.

I See The Light: Na minha humilde opinião, a música perfeita para fechar este álbum, que precisou de um ano inteiro de trabalho duro para ser completado em suas onze faixas. Eu me considero afortunado em compartilhar uma amizade especial com os talentosos irmãos Martin, que escreveram algumas das músicas mais incríveis nos últimos anos, tanto para sua banda Vega quanto para alguns artistas de rock melódico mais aclamados. Eu pedi sua contribuição para este álbum, e eles me ofereceram essa pequena jóia, preenchida com os grandes conteúdos líricos fornecidos por outra estrela em ascensão da cena AOR, Jon Siejka da Magic Dance. Eu considero "I See The Light" a soma perfeita do que é a Raintimes: o incrível trabalho em equipe de nossa banda foi a base inicial para gravar este presente em forma de música, que possui a contribuição de mais duas estrelas da cena do rock de hoje: Michele Luppi (Whitesnake) nos teclados e Daniel Flores (Find Me, First Signal, Cry Of Dawn) na percussão.

Pierpaolo concluiu falando sobre a experiência de participar de um projeto grandioso como esse: "Raintimes foi uma aventura longa, exigente e incrível, que tive o privilégio de compartilhar com os meus grandes companheiros de banda Davide "Dave Rox" Barbieri, Iván González, Sven Larsson, Andrea Gipponi e, por último, a estrela atrás do microfone, Sr. Michael Shotton. Espero que todos os fãs do rock melódico a aproveitem tanto como fizemos ao fazê-lo: este álbum apresenta todo o nosso infinito amor e respeito por essa música incrível que mantemos em nossos corações. Rock on!"

Raintimes: Espín, Shotton, Larsson,
Gipponi, Barbieri e Monti
Eu não poderia ter descrito essas canções de maneira mais exata. E afirmo que é difícil apontar destaques, já que o álbum é bastante consistente e fiel à proposta de trazer melodic rock contemporâneo envolto em muita, mas muita qualidade. 

A produção é excelente e as performances da banda e seus convidados são irretocáveis. Se você é entusiasta dessa vertente mais atual do bom e velho melodic rock, a Raintimes chega como uma excelente e bem vinda surpresa, com um álbum obrigatório para sua coleção.

RAINTIMES - Raintimes
To be released on Dec. 01st, via Frontiers Records
Cat. #FR CD 834

Tracklist
01 Forever Gone (assista ao lyric video aqui)
02 Make My Day (ouça a canção aqui)
03 Don't Ever Give Up (ouça a canção aqui)
04 Swan (ouça a canção aqui)
05 I Need Tonight
06 Raintimes
07 Just A Little Bit More
08 Empty Days
09 Together As Friends
10 Missing Place
12 I See The Light

Lineup
Michael Shotton: vocals
Iván Gonzáles: guitars
Sven Larsson: guitars
Davide Barbieri: keyboards, vocals
Andrea Gipponi: bass
Pierpaolo Monti: drums, percussion

Guest Musicians
Niclas Olsson: keyboards on "I Need Tonight"
Philip Lindstrand: backing vocals on "I Need Tonight"
Alessandro Del Vecchio: keyboards and backing vocals on "Just A Little Bit More"
Erica Trovato: backing vocals on "Together As Friends"
Jesús Espín: backing vocals on "Missing Piece"
Daniel Flores: percussion on "I See The Light"
Michele Lupi: keyboards on "I See The Light"

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Um dos grandes nomes do movimento RetroWave (se você curte aquela musicalidade pasteurizada dos anos 80, repleta de baterias eletrônicas ...