sexta-feira, 9 de agosto de 2013

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Me sinto muito confortável em escrever sobre o FM, afinal de contas, não apenas sigo a carreira dos caras desde 1987 como também é uma das minhas bandas preferidas. Com uma série de grandes álbuns lançados e uma carreira sólida que resiste ao implacável teste do tempo, os britânicos também lançaram uma série de singles muito bacana ao longo dos anos e "Blood And Gasoline" está entre os meus preferidos. Não bastasse a canção de mesmo nome ser simplesmente brilhante, as outras três canções eram encontradas apenas na edição japonesa do obrigatório "Aphrodisiac", mas isso é assunto para outra ocasião.

A primeira canção do single é, obviamente, "Blood And Gasoline" (assista ao vídeo aqui), simplesmente uma das melhores canções que o FM já gravou, em minha modesta opinião. O arranjo é excelente e mostra que a chegada de Andy Barnett fez muito bem à banda, que passou a destacar as guitarras em quase total detrimento dos teclados. Com uma melodia envolvente, métrica bem calculada e um refrão marcante, "Blood And Gasoline" foi escolhida como single de lançamento  do já citado "Aphrodisiac" e desde então tornou-se uma das canções preferidas pelos fãs, para ser ouvida com janelas abertas e volume máximo.

"Chinese Whispers" é um rocker bem bacana e que traz as guitarras infernais de Mr. Barnett em primeiro plano, acompanhada pelos arrasadores vocais de Mr. Overland. Me agrada bastante o teclado discretíssimo que segue de perto a bateria precisa de Mr. Jupp. O arranjo é bem construído, assim como os versos. O refrão cumpre seu papel, mas sem muito brilho. Ainda assim, é uma canção que merece sua atenção e também múltiplas audições, pode apostar.

E sabendo que não sou fã de covers, me curvo diante das releituras ao vivo que o FM fez em duas grandes canções. A primeira delas é "Some Kind Of Wonderful", originalmente gravada pelos Drifters em 1961 e que ganhou várias versões ao longo dos anos. Mas aqui, os britânicos injetaram guitarras mais agressivas e uma linha de baixo/bateria demolidora, criando a base onde Mr. Overland apresenta uma daquelas interpretações irretocáveis. Não se incomode com os vizinhos, suba o som e abra as janelas!!!

FM circa '92: Barnett, Overland, Jupp e Goldsworthy
Finalmente, a banda resgata a excelente "I'll Be Creepin'", excelente canção do Free e originalmente lançada em 1969. Mais uma vez, os britânicos acertam na dose e conferem mais energia à canção, mas sem descaracterizá-la e se mantendo fiel à versão original. Mas uma vez mais a diferença está nos vocais de Mr. Overland que, sinceramente, é capaz de cantar o obituário do jornal e, ainda assim, entreter o povo. Versão demolidora e que merece volume máximo... sempre!

Em resumo, o single de "Blood And Gasoline" é certeza de satisfação não apenas para os fãs da banda, mas também para qualquer amante dos bons sons. Além da faixa-título, o single traz as duas canções ao vivo - gravadas em Gotenburgo, em 1992 - que, pessoalmente, foi o que mais me interessou quando comprei esse material. Não acredito que seja difícil encontrar esse single por aí, e se você tiver a sorte de cruzar com um, compre!!! Eu garanto...

FM - Blood And Gasoline CDS
Released in 1992 via Music For Nations
Cat. # CDKUT 147

Tracklist
01 Blood And Gasoline (Edit)
02 Chinese Whispers
03 Some Kind Of Wonderful (Live)
04 I'll Be Creepin' (Live)

Lineup
Steve Overland: vocals, guitars
Pete Jupp: drums, backing vocals
Merv Goldsworthy: bass, backing vocals
Andy Barnett: guitars, backing vocals

Guest Musician
Tony Mitman: keyboards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...