segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

ERIC MARTIN FALA SOBRE O MAIS RECENTE ÁLBUM DO MR. BIG

Mr. Big, circa 2017
Lançado em 21 de Julho último, "Defying Gravity" vinha gerando muitas expectativas na enorme base de fãs que o Mr. Big tem mundo afora.

Infelizmente, o álbum não atingiu as expectativas e, mesmo não sendo um desastre completo, ficou muito aquém do que a banda é capaz e, principalmente, do que se esperava de uma banda do calibre que é o Mr. Big.

E um detalhe que chamou muito a atenção de todos foi o tempo que a banda dispendeu na gravação do álbum: seis dias!!!

E em recente entrevista concedida ao pessoal da Total Rock, Eric Martin falou sobre esse aspecto e também revelou sua opinião, que não era bem aquela que muita gente considerou que fosse.

Disse Martin: "Não foi minha ideia, acredite em mim. Os outros caras vão dizer 'Oh, yeah, foi um grande desafio. Foi fantástico'. E eles trabalham bem sob pressão, gravam outros álbum daquele jeito. Eles são muito bons em estúdio. Mas eu gosto de faz as coisas com mais calma. É como fazer sexo ou algo parecido. Eu gosto de ter mais pré-produção, trabalhar mais as letras as melodias e a música".

Sobre o processo de gravação, o vocalista foi enfático: "Fomos jogados na cova do leão. Nosso empresário conseguiu recrutar Kevin Elson e tivemos que esperar ele ter tempo livre por muito tempo. Tínhamos uma pequena janela e aproveitamos, e todo o tempo que ele tinha eram seis dias para gravar nosso material".

Pessoalmente, achei a produção bem fraca e muito abaixo do que Elson já fez, inclusive nos primeiros trabalhos do Mr. Big. De maneira geral, "Defying Gravity" me soa como um álbum descompromissado e daquele tipo "obrigação contratual", mesmo sabendo que não foi o caso.

E a inconsistência do álbum não pode ser colocada apenas na conta do produtor, já que a janela de tempo era conhecida pela gravadora e pela banda.

Enfim, só nos resta esperar o próximo álbum da banda...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

FINALMENTE, OS DETALHES DE "ANGELS IN BLUE", O NOVO ÁLBUM DO FIND ME

Arte xexelentíssima do terceiro (e muito aguardado) álbum da dupla Find Me Depois de muito mistério e uma boa dose de atraso, a Frontie...