segunda-feira, 17 de dezembro de 2018

GLENN HUGHES RESOLVE PENDÊNCIAS FINANCEIRAS COM O DEEP PURPLE

O legendário Glenn Hughes todo serelepe em sua
recente passagem pelo Brasil, em Maio
Em recente entrevista concedida ao podcast "Music An Me", o jurássico Glenn Hughes confirmou que a longa disputa com o Deep Purple, acerca de royalties referentes a material escrito por ele quando integrava a banda, chegou ao fim.

"Nesse momento, faz três meses que tudo foi resolvido. Levou muito tempo, mas não é o tipo de coisa que eu falava com a imprensa", disse.

Hughes continou: "As pessoas, claro, me perguntam 'Como você não escreveu nada em 'Burn'? E eu não me esforço para dar uma resposta definitiva, mas o fato é que eu estava contratado por outra companhia. E se você prestar atenção aos Beatles e George Harrison e ao Robert Plant no Led Zeppelin, ambos estiveram ausentes em alguns também. No caso do Robert, o 'Led Zeppelin I'. E foi pelo mesmo motivo. Eu decidi deixar meu nome de fora dos créditos para... tomar conta das coisas, digamos assim. E eu era muito jovem também... nem acredito que fiz aquilo".

O baixista também reforçou a ideia de que não tem nenhum rancor em relação aos ex-colegas de Deep Purple por ter sido mal-compensado pelo trabalho nos quatro álbuns dos quais participou: "Burn", "Stormbringer", "Come Taste The Band" e "Made In Europe": "Eu não tenho ressentimento algum porque esse sentimento estava ligado a pessoas que não estão mais conosco. Digamos que eu fui 'mal-empresariado'... jovem e mal-empresariado... e me prometeram coisas que... sendo filho único e vivendo com meus pais no norte da Inglaterra, me ofereceram um aperto de mão e eu aceitei".

"Eu nunca guardei rancor de ninguém. Nunca. Ressentimentos me matariam, me fariam beber. E agora, 44 anos depois, tudo foi resolvido", continuou.

Quando perguntado sobre se já recebeu algum pagamento, Hughes disse: "Estou sendo pago,sim. É retroativo. Mas mais importante, estou sendo pago enquanto minha carreira vai para frente. Mas estou recebendo por coisas relacionadas a filmes, streaming e outras coisas mais recentes. Mas há outras maneiras também, mas não posso falar sobre elas".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...