sexta-feira, 10 de maio de 2019

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Não há dúvida alguma que os suecos da Crazy Lixx figuram entre os grandes nomes do melodic rock contemporâneo. Com a sonoridade bem definida e muita qualidade, a banda de Malmö já contabiliza sete álbuns em sua discografia que está prestes a aumentar com a chegada de "Forever Wild", a nova empreitada dos suecos que mantém as mais tradicionais características que definem o som da banda. Ou seja, se esse melodic rock contemporâneo, pomposo e cuidadosamente pesado é a sua praia, esse álbum certamente vai lhe agradar sem esforço nem surpresa.

Carregado de rockers empolgantes, o álbum é bastante consistente e tem direção musical muito bem definida, apresentando belas canções como as frenéticas "Wicked", "Break Out" e a radio friendly "Silent Thunder" (um dos destaques do álbum), que traz backing vocals bem acentuados, além da incendiária "(She's Wearing) Yesterday's Face" que, por algum motivo, me remete aos bons sons da Lynch Mob, circa 1991. Uma dose cavalar de bons sons que merece sua irrestrita atenção.

"Eagle" (outro destaque) é um rocker bem cadenciado, com bateria e baixo criando a base por onde as guitarras desfilam com propriedade e elegância, num momento que me faz lembrar do H.E.A.T. (especialmente na métrica e na interpretação de Mr. Rexon), enquanto "Terminal Velocity" é um pouco mais dinâmica, mas igualmente envolvente. Mas é "It's You" (outro destaque) que rouba a cena com seu arranjo radio friendly contagiante, merecedor de volume máximo e nenhuma moderação ao ouvir.

E como todo álbum precisa de uma balada, "Love Don't Live Here Anymore" surge como contraponto muito bem-vindo, trazendo um arranjo bem elaborado e uma performance inspirada de Mr. Rexon, detalhes que ficam ainda mais evidenciados na versão acústica dessa canção, que figura como bonus track da edição japonesa do álbum.

Crazy Lixx, circa 2019: Lundgren, Cirera,
Rexon, Olsson e Sjöholm
E na reta final temos as infernais "Weekend Lover""Never Die (Forever Wild)", dois rockers cavalares e absolutamente empolgantes, merecedores de volume máximo e janelas abertas, para que seus vizinhos desfrutem dos bons sons, querendo eles ou não.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, a Crazy Lixx volta ao cenário com mais um belo trabalho, mantendo sua identidade musical e também a qualidade que sempre foi parte de seus álbuns. É fato que "Forever Wild" não é inovador, mas nessa época em que tantas bandas se arriscam em modismos e/ou experimentalismos de gosto duvidoso, temos que agradecer às bandas que se mantém fiéis a sua sonoridade e identidade musical. E graças aos deuses, a Crazy Lixx faz exatamente isso. Assim sendo, se você já curte os bons sons dos suecos, "Forever Wild" vai lhe agradar plena e facilmente, sendo um dos álbuns mais bacanas na discografia da banda.

CRAZY LIXX - Forever Wild (Japanese Pressing)
Released on May 08th 2019, via King Records Co., Ltd.
Cat. #KICP-1983

Tracklist
01 Wicked (ouça a canção aqui)
02 Break Out
03 Silent Thunder
04(She's Wearing) Yesterday's Face
05 Eagle
06 Terminal Velocity
07 It's You
08 Love Don't Live Here Anymore
09 Weekend Lover
10 Never Die (Forever Wild)
11 Love Don't Live Here Anymore (Acoustic Version)

Lineup
Danny Rexon: vocals, keyboards
Joél Cirera: drums
Jens Sjöholm: bass
Chrisse Olsson: guitars
Jens Lundgren: guitars

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...