segunda-feira, 24 de setembro de 2012

AS PRIMEIRAS IMPRESSÕES SOBRE O NOVO ÁLBUM DO MAGNUM

Os veteranos do Magnum estão de volta com "On The 13th Day" (foto), o décimo-sexto álbum em sua excelente discografia. A maioria dos integrantes da banda está com 60 anos ou mais, mas isso se traduz em muita experiência dentro do universo dos bons sons, e com isso, a inerente qualidade de outros belos álbuns da banda também se apresenta nesse mais recente trabalho.

Desde o início, fica claro que Bob Catley ainda tem muito gás para queimar como frontman do Magnum, impressionando os mais exigentes amantes dos bons sons com interpretações de primeira categoria. Mas um grande vocalista merece uma grande banda, e o guitarrista Tony Clarkin, o baixista Al Barrow, o baterista Harry James e o tecladista Mark Stanway cumprem seus respectivos papéis com maestria.

O álbum é bastante coeso e certamente vai agradar quem já curtiu o bacana "The Visitation", lançado no ano passado. Na verdade, "On The 13th Day" soa muito como uma continuação de seu predecessor. Mas a banda parece ter se lembrado que seu instrumento primordial é a guitarra, e ela tem papel de destaque ao longo das onze canções do álbum. Obviamente, os teclados não foram relegados à um segundo plano e estão sempre presentes, acompanhados pela bateria precisa de James e do baixo envolvente de Barrow.

O álbum tem uma série de canções que me agradaram bastante: desde a pesada "All The Dreamers" (rocker excelente que abre o tracklist com colossais 07:10m) até "From Within" (mid-pacer mais pesado que fecha o álbum), passando pelos excelentes melodic rockers "Blood Red Laughter", "On The 13th Day", a empolgante "So Let It Rain" (o single de lançamento do álbum) e "Shadow Town".

Baladas? Temos sim senhor! Ouça "Putting Things In Place"  com um arranjo bem trabalhado e melodia construída no piano, muito bacana por sinal.

Se você tem curtido os mais recentes trabalhos da banda, acredito que "On The 13th Day" não vai lhe decepcionar. Os melhores elementos do Magnum continuam presentes em ótima canções, mas não espere nenhuma inovação melódica por parte da banda. Enquanto alguns os criticarão por permanecerem eu sua zona de comforto, eu os defendo dizendo que prefiro mais da mesma qualidade da banda do que alguma inovação descabida, tão comum em vários trabalhos de bandas renomadas.

Uma ótima coleção do melhor "melodic rock made in the U.K." lhe aguarda em um álbum que merece múltiplas audições, com bastante atenção.

O álbum já está nas lojas da Alemanha e Escandinávia, e ainda será lançado hoje no restante do território europeu, e no dia 02 de Outubro nos Estados Unidos e Canadá.

Compra certa...

Um comentário:

DEEMON disse...

Gostei do cd e Mr. Catley arrebenta tudo!! Magnum clássico!

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

No universo dos bons sons, o FM é uma referência desde meados da década de 80. Já o Work Of Art é um dos nomes mais relevantes do AOR c...