sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014

ERIC MARTIN FALA SOBRE OS SHOWS NO BRASIL


Todos já sabemos que Eric Martin estará na Terra Brazilis no próximo mês, acompanhado de Jeff Scott Soto para uma série de shows. Com isso em mente, entrei em contato com o cidadão e conversamos um pouco a respeito de suas expectativas e de outras curiosidades que cercam um show como o que o vocalista do Mr. Big fará por aqui.

Enjoy...

Você já esteve no Brasil com Jeff Scott Soto há quatro anos em uma tour bem-sucedida. Já em 2011, você esteve por aqui com o Mr. Big. Podemos dizer que você tem uma certa identificação com seu público brasileiro? 

Eric Martin: Desde aquele show em Santos, há alguns anos, eu desenvolvi uma relação de amor com as pessoas da minha outra terra natal, o Brasil. Eu amo a energia que os fãs brasileiros de rock’n roll tem.

Você tem muito material para selecionar e montar um setlist, seja com canções do Mr. Big ou de sua carreira solo, e tenho certeza de que haverá muita coisa de ambas. Quão abrangente o setlist será, ou pode ser?

Eric Martin: Eu tenho excelentes músicos brasileiros tocando comigo, então o céu é o limite. Há muitas canções para se escolher mas eu sei o que o pessoal quer ouvir, Todos irão se divertir, confie em mim. Mas há aqueles que vem do lado negro e quero agradá-los também.. eu sei quem vocês são! 

Obviamente, há algumas canções que você 'tem que' tocar. Isso te incomoda de alguma maneira, que ano após ano, você acaba preso à algumas canções que tiram espaço de outras, ou você encara isso como um legado de seu sucesso ente os fãs do seu trabalho? 

Eric Martin: Sabe... eu não deveria dizer isso, mas... PQP... ultimamente, eu tenho pensado que canções como "To Be With You" e "Wild World" e "Daddy, Brother, etc..." se tornaram uma paródia quando não as toco com o Mr. Big. Parece que estou fazendo uma homenagem à banda. Mas por outro lado, eu escrevi aquelas canções, e a banda não está ativa nesse momento... o que há de errado em usá-las ao invés de deixá-las juntando pó? Não sei, eu luto com essas canções o tempo todo. É engraçado quando toco uma canção mais antiga do Mr. Big, como "Just Take My Heart" e a plateia vai à loucura!!! E há dias em que penso que "To Be With You"  já foi tocada um bilhão de vezes, mas eu não posso sair do palco sem tocá-la, ou os fãs reclamarão.

Já que estamos falando sobre setlists, surpresas sempre são aguardadas, especialmente covers. Você acha que esse é o momento onde você tem mais liberdade para se afastar do seu material e não apenas surpreender a plateia, mas também mostrar o trabalho de que lhe influenciou como músico? Surpreender a plateia com algo que os deixará chocados... vamos ver,...

Eric Martin: Eu amo tocar as canções de banda que me influenciaram e despertaram em mim a vontade de fazer o que faço. Eu também adoro surpreender a platéia com algo que os deixará chocados... vamos ver...

Qual o critério que você utiliza para selecionar as canções para um show? Qual é o processo para escolher o que será tocado no palco? . 

Eric Martin: Depende... eu toco o que combina com o meu humor quando a apresentação é solo. Em um show como os que farei no Brasil, eu sei o que o público quer ouvir material do Mr. Big. Já outras pessoas querem ouvir coisas mais antigas, dos meus álbuns solo. Eu encorajo as pessoas à me pedir o que querem ouvir. Não costumo fazer planos, a maioria das vezes eu costumo montar o setlist no hotel uma hora antes do show.

O set não será completamente acústico, correto? 

Eric Martin: Correto. Me apresentarei com uma banda, mas a maior parte do show será acústico, para saciar meu ego (risos).

Além do óbvio, quais as diferenças que você sente entre os formatos 'elétrico' e acústico? Há algum favorito entre eles? 

Eric Martin: Me considero melhor vocalista quando estou relaxado e não lutando para me ouvir no palco. Não me entenda mal, adoro tocar hard rock com o Mr. Big, mas eu amo a independência do formato acústico.

Você está na ativa há mais de três décadas, sempre desfrutando de sucesso como artista solo e, posteriormente, com o Mr. Big. Há alguma marca que você ainda deseja atingir ou você considera que já conquistou o que queria?

Eric Martin: Eu preciso tirar um coelho da cartola e gravar mais um álbum solo. Eu acho que ainda tenho a energia e células cerebrais suficientes para começar uma nova banda também. O Winery Dogs, de Billy e Richie, parece bastante divertido.

Eu assisti uma entrevista sua no ano passado, em que você revela que o segredo do seu sucesso é dormir o máximo possível. É isso mesmo?!?!? 

Eric Martin: É verdade e funciona! Se eu não dormir bem antes do próximo show eu estarei caminhando sobre ovos no palco. Depois de usar minha reserva de adrenalina nas primeiras oito canções eu começo a ficar sem forças e, ao final do show, estou exausto. Mas se eu dormir umas boas oito horas eu posso encarar o mundo. Você não pode cair na estrada e levar seu maus hábitos consigo, como beber e fumar. Mas a maioria dos artistas sabe diferenciar o certo do errado... certo??? (Risos)

Uma coisa que me surpreende é que, mesmo depois de tanto tempo, sua voz permanece intacta. Quais os cuidados que você tem com ela?

Eric Martin: Eu costumo Falar muito antes e depois dos shows (risos). Eu adoro contar histórias à quem quiser ouvi-las. E isso tem um efeito devastador na minha voz, então procuro manter minha 'Mr. Big' boca fechada. Faço um aquecimento antes do show, às vezes, e pratico exercícios vocais há 25 anos e parece que funcionam. Normalmente estou de bom humor antes de cantar procuro desviar toda energia negativa ao meu redor e me concentro em como o show será divertido.

Você não é apenas conhecido por seu vocal inconfundível, mas também por ser muito gentil com seus fãs, sempre disposto a falar com qualquer um deles. Pode parecer uma pergunta bastante óbvia, mas qual a importância que eles tem para você, não apenas como artista, mas também como pessoa? 

Eric Martin: Quando estou no palco e olho para a plateia, não os vejo com um rock star inseguro e pomposo. Vejo pessoas equivalentes à mim e estamos juntos naquela noite. Eu posso dizer que tenho mais fãs amigos do que amigos de fato, com toda certeza.

Eric, muito obrigado pela oportunidade. Agradeça também à Denise, sempre educada e gentil. Lhe desejo todo o sucesso e espero vê-lo em Porto Alegre, no dia 09 de Março. Espero que possamos coversar novamente em breve e as portas da AORWatchTower estão sempre abertas à você.

Eric Martin: Agradeço à você, Juliano. Estou no meio do processo de composição do novo álbum do Mr. Big e, apesar de ser muito excitante, é muito cansativo também. Então você pode ver para onde isso está me levando, certo? Estou literalmente contando os dias para subir no avião e ir até a América do Sul. Amo estar no palco cantando para para meus amigos e fãs do rock’n roll no Brasil. Até breve...

P.S. Puta merda, Jeff Scott Soto estará lá também... cara, eu tenho que caprichar ;-)

2 comentários:

Daniel Punisher disse...

Sensacional entrevista, e ainda a notícia que estão compondo novo álbum pro Mr. Big!

Para a Disney... e além! disse...

Muito legal a entrevista, parabéns, mas me preocupa um pouco o show ser a maior parte acústico...

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Existem várias bandas por aí que buscam emular os excelentes sons do Toto , mas poucas conseguem resultados satisfatórios, ainda mais qua...