sexta-feira, 3 de abril de 2015

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

O Reino Unido já produziu muita música de qualidade, em várias frentes e em épocas diversas. Dentro desse panorama, o Dare desponta como um dos grandes nomes do universo AOR do final da década de 80. Capitaneada pelo vocalista  tecladista Darren Wharton (ex-Thin Lizzy), a banda debutou no cenário com "Out Of The Silence" (já resenhado aqui), venerado até hoje como um dos grandes clássicos do 'British AOR'. E entre as muitas excelentes canções que o álbum carrega, "Nothing Is Stronger Than Love" (assista ao vídeo aqui) foi escolhida como terceiro single promocional, sucedendo as destruidoras "Abandon" e "The Raindance".

"Nothing Is Stronger Than Love" é um mid-pacer estrondoso, alternando o foco entre a guitarra precisa do veterano Vinny Burns e os teclados onipresentes, mas sem excessos. A melodia é envolvente e crescente, culminando em um refrão explosivo, daqueles que ecoam por horas na cabeça. A combinação de elementos é irretocável e o resultado - um radio friendly AOR arrasador -  não poderia ser diferente. Múltiplas audições são mais que recomendadas.

Na sequência temos "If Looks Could Kill", rocker envolvente onde as guitarras assumem a linha de frente. O andamento mais dinâmico confere uma carga extra de energia à melodia, enquanto Wharton entoa os versos sem muito esforço. Apesar de soar linear (especialmente no que diz respeito ao refrão), essa canção é uma das que mais curto na discografia da banda e recomendo múltiplas audições no volume máximo.

Dare, circa 1989: Ross, Cox, Shelley, Wharton, Burns
Finalmente, "Valentino" é outro rocker excelente e que privilegia as guitarras. Com arranjo bastante tradicional, essa canção traz um refrão mais marcante, apesar de bastante simples. Me agrada muito a métrica dos versos e a melodia mais simples, mas altamente eficiente. Por isso mesmo, essa canção também merece sua série de audições com volume abusivo.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, o single de "Nothing Is Stronger Than Love" só ratifica o que os primeiros singles do Dare já haviam mostrado: uma banda afiada e com grandes canções, interpretadas por um vocalista diferenciado. O já citado álbum de estréia da banda é item obrigatório na coleção de qualquer entusiasta sério do AOR, mas esse single é especial por trazer duas ótimas canções que não figuram no tracklist de "Out Of The Silence". Ao longo dos anos, o Dare foi se afastando cada vez mais da sonoridade que os tornou reconhecidos, mas graças aos deuses dos bons sons, o registro de seus momentos mais marcantes está registrado para  posteridade e "Nothing Is Stronger Than Love" é, indubitavelmente, um deles. Material obrigatório em sua coleção...

DARE - Nothing Is Stronger Than Love CDS
Released in 1989 via A&M Records
Cat. #CDEE 493

Tracklist
01 Nothing Is Stronger Than Love
02 If Looks Could Kill
03 Valentino

Lineup
Darren Wharton: vocals, keyboards
Vinny Burns: guitars
James Ross: drums
Shelley: bass
Brian Cox: keyboards

Um comentário:

Rafael Lopes disse...

Obrigatório para fãs do gênero e essencial para quem quiser conhecer tal gênero! Excelente recomendação!

Postar um comentário

STEVE PERRY FALA SOBRE SUA SAÍDA DO JOURNEY

Steve Perry com Jonathan Cain e Neal Schon: o trio remanescente do Journey, circa 1986 Em uma de suas três entrevistas concedidas ontem...