quinta-feira, 3 de novembro de 2016

GEDDY LEE DÁ DICA IMPORTANTE SOBRE O INCERTO FUTURO DO RUSH

Geddy Lee, Neil Peart e Alex Lifeson, circa 2016
Ao longo da "R40 Tour", os veteranos do Rush lidaram com uma série de problemas de saúde, conforme amplamente mostrado no documentário "Time Stand Still".

Alex Lifeson pagou seus pecados com uma artrite violenta. Já Neil Peart sofreu com uma tendinite e com uma grave infecção causada por ele pilotar sua moto usando botas molhadas. A condição se agravou quando ele também desenvolveu psoríase em um dos pés.

Assim sendo, não é difícil aceitar que a banda pudesse, cedo ou tarde, seguisse em frente com um novo nome em seu lineup, jogada comum no universo musical desde que o mundo é mundo.

Mas não no caso do Rush.

"Nós sempre dissemos que se os três não concordarem, não faremos nada. Então, se um de nós decidir que não quer mais fazer o que eu mais amo, paciência. Vai doer, mas não há nada que eu possa fazer a respeito. É parte do nosso acordo.", declarou Geddy Lee.

E quando essa possibilidade real de o Rush encerrar a carreira surge, o primeiro nome que é lembrado é o de Peart, que há anos não esconde a vontade de ficar mais perto de sua filha e que está cada vez mais reticente quando o assunto é voltar aos palcos. Vale lembrar que, em Agosto de 1997, Peart perdeu Selena - sua primeira filha - em um acidente automobilístico e em Junho de 1998, sua ex-esposa faleceu em decorrência de um câncer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO

Caríssimas e caríssimos Hoje me dirijo à São Paulo para o show dos irlandeses do U2. Com isso, a Recomendação Da Semana não será...