terça-feira, 13 de dezembro de 2016

GARY CHERONE FALA SOBRE SUA PASSAGEM PELO VAN HALEN

Van Halen, cica 1998: Gary, Eddie, Mike e Alex
Apesar do álbum "III" ser bem bacana - do ponto de vista musical - é inegável que os dias de Gary Cherone no Van Halen foram desastrosos.

Em recente entrevista concedida ao pessoal do The Washington Times, o vocalista do Extreme falou sobre sua experiência com os irmãos Van Halen: "Eu não sei se as estrelas estavam alinhadas ou se eu estava na hora certa no lugar certo. Nosso empresário também empresariava o Van Halen. Eu consegui um teste. Vei até Los Angeles pensando 'Vou passar o fim de semana cantando músicas do Van Halen com a banda. Depois voltarei para Boston com uma ótima história para contar'. Foi assim que encarei a coisa toda", disse.

Cherone continuou: "Eu lembro que Nuno Bettencourt estava comigo no avião e disse, 'Porque não escolheriam você? Vá com tudo!' u não tinha nenhuma expectativa. Mas no segundo dia, eu e Eddie escrevemos 'Without You', a primeira canção do álbum. E então fui convidado a me juntar à banda".

Cherone também deu sua opinião sobre o porque sua colaboração com o Van Halen não funcionou: "Olhando em retrospecto, se eu tivesse que fazer tudo novamente, eu gostaria de ter feito uma tour com a banda antes de ter gravado o álbum. Acredito que o álbum tem algumas belas canções, mas pecou muito na produção. Mas eu fui muito bem tratado. Durou o quanto tinha que durar. O álbum não fez jus às expectativas criadas. Nós estávamos começando a escrever o segundo álbum quando as coisas ficaram um pouco disfuncionais".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO

Caríssimas e caríssimos Hoje me dirijo à São Paulo para o show dos irlandeses do U2. Com isso, a Recomendação Da Semana não será...