segunda-feira, 21 de agosto de 2017

STEPHEN PEARCY DIZ QUE O NOVO ÁLBUM DO RATT SERÁ "MUITO DIFERENTE" DE SEU ANTECESSOR

O veterano Stephen Pearcy, circa 2017
E o antecessor foi "Infestation", de 2010. Nesse meio tempo, vale lembrar a briga judicial amplamente noticiada envolvendo Stephen Pearcy, Warren DeMartini e Juan Crocier contra Bobby Blotzer pelo direito de usar o nome Ratt. Blotzer acabou perdendo a disputa.

Pearcy confessou ter vontade de gravar outros álbuns, apesar de reconhecer que os fãs parecem cada vez menos interessados em ouvir material novo de bandas e artistas veteranos. "Eu simplesmente gravo álbuns", explicou. "Eu tenho meu próprio selo por um motivo. Eu amo gravar álbuns. Um álbum, as pessoas comprando ou não, ainda estará na história da banda. Por outro lado, poderíamos lançar singles o dia todo. Warren e eu temos composto e podemos fazer isso o dia todo, todo dia. Mas um álbum e um conceito ainda são muito importantes para mim".

Pearcy também confirmou que Croucier estará bastante envolvido no processo de composição do material para o próximo álbum do Ratt, que marcará sua primeira presença em um álbum da banda desde 1990, quando o bacana "Detonator" foi lançado.

Junto com Pearcy, Croucier e DeMartini, o atual lineup do Ratt conta com as ilustres presenças do guitarrista Carlos Cavazo (que tocou em "Infestation") e do ótimo baterista Jimmy DeGrasso, que já tocou com White Lion, Megadeth, Y&T, Fiona, David Lee Roth, Alice Cooper, Dokken e outros.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STEVE PERRY FALA SOBRE SUA SAÍDA DO JOURNEY

Steve Perry com Jonathan Cain e Neal Schon: o trio remanescente do Journey, circa 1986 Em uma de suas três entrevistas concedidas ontem...