sexta-feira, 9 de março de 2018

DON DOKKEN ABRE O JOGO SOBRE O FUTURO DAS DUAS VERSÕES DA BANDA

Dokken em sua formação clássica, circa 2018
Em recente entrevista concedida ao renomado Mitch Lafon, o veterano Don Dokken falou sobre a banda que leva seu nome em várias frentes.

Mas, obviamente, duas delas chamaram mais a atenção dos ouvintes: o atual status da banda e seu lineup e qual a situação do Dokken com sua formação clássica.

Sobre a atual situação do Dokken, Don disse: "Chris, Jon, Mick e eu, basicamente, terminamos de compôr para o álbum. Temos 13 ou 14 canções já terminadas, mas ainda estou mexendo com as letras... mudanças de última hora. Estamos constantemente na estrada - temos shows agendados até Agosto - mas vamos tentar achar um intervalo. Acho que teremos umas três semanas livres em Março ou Abril, quando gravaremos o álbum. , Em um mundo perfeito, teríamos o álbum pronto em meados de Julho. Adotamos uma postura 'old school', sonoridade clássica. Pensei muito nisso, falamos muito a respeito. Nos arriscamos em composições aventureiras em 'Broken Bones'... tem um pouco de Led Zeppelin, um pouco de Beatles... mas agora retomei o caminho trilhado em todos os outros álbuns do Dokken e é por isso que se pode esperar aquela sonoridade clássica".

E quando questionado sobre a possibilidade de outros shows com o lineup clássico da banda, Dokken foi enfático: "Não está em meus planos agora. Estou focado na formação atual e no próximo álbum do Dokken e não posso fazer planos com tanta antecedência.Tudo o que me preocupa agora é lançar um novo álbum do Dokken com Jon Levin e Chris McCarvill e Mick Brown e é assim que vai ser. E falando sobre esses shows de reunião, se fossemos fazer isso, acredito que seria óbvio o motivo... provavelmente por dinheiro. Essas ofertas têm sido feitas à mim há anos, com quantias absurdas para tocarmos. Mas não tenho essa vontade agora. Fizemos a tour pelo Japão, 20 anos depois, fizemos a reunião, filmamos o show, lançamos o DVD, escrevemos uma canção nova, fizemos uns remakes acústicos. Isso deve acalmar os fãs até que eu decida o que fazer, mas nesse momento estou focado no próximo álbum do Dokken . Tenho certeza que cada um de nós tem muito com o que trabalhar nesse momento. George disse que 'talvez' em 2019. Tenho uma proposta vigente da Frontiers Records para o próximo álbum do Dokken e outro álbum da banda com o lineup clássico, mas isso tudo está reservado para o futuro".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ENTREVISTA COM ERIK GRÖNWALL

Quando assumiu a posição de frontman do H.E.A.T. , em 2012, Erik Grönwall era apenas mais um nome promissor no mercado musical sueco. E...