segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

AORWATCHTOWER TOP 10 ALBUMS 2012

Os últimos três anos foram generosos com os amantes dos bons, nos provendo uma grande quantidade de belos álbuns, com alguns retornos bacanas mas, principalmente, muita coisa nova - e de qualidade - aparecendo no universo AOR/Melodic Rock. E 2012 não foi diferente. Com uma série de belos trabalhos lançados ao longo do ano, a tarefa de selecionar apenas dez não foi fácil para ninguém, tenho certeza. Mas depois de receber mais listas do que nos últimos dois anos, finalmente consegui organizar e selecionar tudo (na verdade, foi um programa que fez isso) e agora, nibelungas e nibelungos, lhes trago a aguardada lista com o AORWatchTower 2012 Top 10, cujo grande vencedor foi...

01 LIOVILLE - "II": Até o lançamento desse álbum (que se deu no dia 30 de Novembro), outro grande nome estava na primeira colocação, até com certa folga. Mas desde que Stefano Lionetti e seus amigos voltara à cena, não houve ninguém capaz de tirar a primeira posição dos italianos. O novo álbum da Lionville é bastante superior ao primeiro trabalho, lançado há dois anos. Com um approach mais AOR, a sonoridade do álbum, como um todo, ficou bem mais coesa. Os momentos westcoast foram relegados a alguns elementos do estilo, o que também reforçou o apelo AOR desse álbum. Não bastasse isso, nomes de peso como Lars Säfsund (o melhor vocalista surgido na última década, pessoalmente falando), Robert Säll e Herman Furin (o trio infernal da Work Of Art), Alessandro Del Vecchio e  os veteranos Bill Champlin, Tamara ChamplinBruce Gaitsch e Peter Friestedt - entre outros tantos - conferem ainda mais brilho à excelentes canções, tudo aliado à uma produção irretocável. Aponto "II" como um dos melhores álbuns de AOR dos últimos cinco anos, sem medo algum. Ainda que o AOR esteja firme e forte, nao é sempre que um trabalho de sonoridadw tão pura chega à nossas mãos, e o fato de ele ter sido tão bem recebido é motivo de festa para todos nós que curtimos os bons sons. Se é possível que você ainda não tenha esse álbum, leia aqui a resenha que publiquei sobre ele (no último dia 07) e corra atrás da sua cópia. Absolutamente imprescindível na coleção de qualquer pessoa que se considere remotamente um fã de AOR.

02 Jimi Jamison - "Never Too Late"
03 Wigelius - "Reinventions"
04 H.E.A.T. - "Address The Nation"
05 Eclipse - "Bleed & Scream"
06 Impera - "Legacy Of Life"
07 Tyketto - "Dig In Deep"
08 Gotthard - "Firebirth"
09 Mitch Malloy - "Shine On"
10 Trixter - "New Audio Machine"

3 comentários:

adriana disse...

I can imagine just how tough it must have been competing with Lionville against Jimi Jamison.

Both albums are great and I am satisfied with the results.

Great work Juliano

Juba.San disse...

It was really hard indeed, Adriana. Until LIONVILLE's album was released, JIMI JAMISON had been holding position #1 for quite a while. But truth be told, I think "Never Too Late" is Mr. Jamison's best solo album to date.

Sebastián disse...

Vou ter de escutar esse de Mitch Malloy. Sempre fica alguma coisa. Mas todo mundo concordou com vários discos. O de Lionville ficou fora da minha lista, mas só porque achei que na segunda metade do disco cai um pouco. Mas eu adorei, e poderia ter estado tranquilamente entre meu TOP10, sendo que é a primeira menção especial. Esta em numero 11 para meu gosto! Mas realmente que anooo foi esseee!!!

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

No universo dos bons sons, o FM é uma referência desde meados da década de 80. Já o Work Of Art é um dos nomes mais relevantes do AOR c...