terça-feira, 1 de maio de 2018

KELLY HANSEN FALA SOBRE O FUTURO DO FOREIGNER

Kelly Hansen em ação com o Foreigner,
em Março passado
Kelly Hansen assumiu o posto de frontman do Foreigner em 2005 e desde então vem cumprindo a longa série de compromissos da banda, tendo gravado apenas um álbum de material inédito, o ótimo "Can't Slow Down", de 2009.

O álbum figurou no Top 30 da Billboard, impulsionado pelos excelentes singles "In Pieces" e "When It Comes To Love".

Desde então, a banda vem investindo em uma série de trabalhos ao vivo e coletâneas caça-niqueis redundantes e que beiram a vergonha.

E se você espera uma mudança de atitude por parte do Foreigner, é bom tirar o cavalo da chuva, porque em recente entrevista concedida a Antihero Magazine, Hansen deixou claro que não há planos para a banda lançar um novo álbum de canções inéditas.

"Sabe, eu não acho que nesse dia e nessa época, faça sentido lançar um CD propriamente dito. Quando lançamos 'Çan't Slow Down', no dia em que chegou às lojas você já podia baixá-lo de graça na internet. Esse é o reflexo da época em que vivemos, infelizmente. Então, passamos um ano de nossas vidas, gastamos nosso tempo e energia e dinheiro gravando 'Can't Slow Down' e descobrir que o trabalho podia ser baixado gratuitamente é muito frustrante", disse Hansen.

Entretanto,o vocalista apresentou uma opção: "Acho que faz mais sentido lançar uma ou duas canções de vez em quando, talvez montar uma mini-campanha ao redor delas, algo desse jeito... eu acredito que esse deva ser nossa maneira de trabalhar no futuro".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

No universo dos bons sons, o FM é uma referência desde meados da década de 80. Já o Work Of Art é um dos nomes mais relevantes do AOR c...