terça-feira, 6 de novembro de 2018

DOCUMENTÁRIO SOBRE O TRIUMPH VEM AÍ

Triumph reunido em estúdio, circa 2016
Não há dúvidas de que o Triumph é uma das mais relevantes bandas oriundas do Canadá. Com uma carreira encerrada depois do fantástico álbum "Surveillance" (de 1987), o guitarrista e vocalista Rik Emmett, o baterista e vocalista Gil Moore e o baixista Mike Levine seguiram caminhos diferentes.

Agora, Moore revelou em entrevista concedida ao podcast "Ouch, You're In My Hair" que a banda foi procurada pelo pessoal da Banger Films para produzirem um documentário sobre o trio.

Disse Moore: "Estamos nos estágios iniciais do documentário sobre a banda. A Banger Films é ótima quando o assunto é documentários. Eles acabaram de fazer um sobre o ZZ Top que nem foi lançado ainda. Acho que fale demais, mas agora não é mais segredo. O documentário do ZZ Top está para ser lançado e o Triumph é o próximo projeto. E eles já fizeram o documentário sobre o Rush e o Tragically Hip. Também fizeram o 'Super Duper Alice Cooper', que todo mundo assistiu. E também fizeram um sobre o Iron Maiden. Nós somos o próximo capítulo dessa série. O documentário trata sobre o U.S. Festival, sobre os problemas no fim da nossa carreira, os problemas com a gravadora. O documentário vai tratar sobre tudo isso".

O baterista foi perguntado sobre a possibilidade de a banda se reunir novamente, e a resposta foi clara: "Eu amo o Triumph. Não posso dizer que nunca tocaremos novamente. Mas Rik, dois ou três dias atrás, me disse que vai tocar até o final de Dezembro e que, depois disse, vai parar de fazer shows e viajar. A Live Nation nos abordou. Tiveram um almoço com Mike e eu há cerca de seis semanas. Eles querem que façamos um grande show em Toronto no próximo verão. E dissemos, 'Nós não estamos ensaiados, e não temos um show preparado'. E eles responderam, 'Nós planejaremos alguma coisa juntos - talvez algo como 'Triumph And Friends'".

Moore encerrou esclarecendo o que levaria à uma reunião Triumph: "Eu sei que, se nos reuníssemos, seria em nome da caridade, essa seria a motivação para fazermos isso. Teria que ser um evento de caridade, mas honestamente, não posso prometer nada. Não seri leviano com vocês nem com os fãs do Triumph. O que tiver que ser, será".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...