segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

O DRAMA DE DON DOKKEN

Don Dokken em ação, circa 2019
Recentemente, Don Dokken falou sobre a cirurgia que fez na coluna, dizendo que o resultado o deixou incapacitado para tocar guitarra.

Na entrevista concedida ao The Classic Metal Show no dia 11 de Janeiro, o músico de 66 anos disse: "Lá se vão dois meses e meio desde a minha cirurgia e minhas mãos estão mortas. Não se movem. É muito estranho".

"É uma maneira interessante de viver a vida. Você precisa reaprender a se alimentar, a limpar sua bunda, escovar seus dentes, se vestir. São 20 minutos apenas para colocar as meias porque uma das mãos funciona um pouco, mas não muito", disse Dokken.

O guitarrista continuou: "Eu espero - e tento manter um espírito positivo - de que algum milagre vai acontecer e, aos poucos, meus nervos se reconectarão e minhas mãos voltarão a funcionar. Ou você vai ler no jornal sobre mim, quando eu for até o consultório médico e quebrar a cara dele. Falo sério. Aquele cara me fodeu. E ele deveria ser o melhor dos melhores".

"Depois que deram a anestesia, eu disse duas coisas: 'Não me mate. Não me paralise'. Foi o que eu disse, juro por Deus. E o médico disse: 'Foi por isso que você me procurou. Eu sou o melhor'. Mas quando acordei no hospital, disse: 'Porque minhas mãos não se movem?' 'Porque meus dedos não se movem?' 'Porque minhas mãos parecem estar pegando fogo?' 'Porque mal consigo caminhar? Estou usando um andador. Que porra você fez, cara?' E o médico disse que 'isso acontece às vezes'. Adoro quando os médicos dizem 'Bem, merdas acontecem. Isso acontece apenas em uma cirurgia em mil'. Então parece que eu sou o 'senhor mil'. Não estou nada feliz com isso", encerrou.

ATUALIZAÇÃO: Com a enorme repercussão dessa notícia (que inúmeros sites disseminaram), Don Dokken se manifestou nas redes sociais da banda: " Hoje uma série de notícias foram postadas em sites em referência ao estado de saúde de Don e ao uso de suas mãos. Essa entrevista foi concedida no início de 2020.

Don fez uma cirurgia no pescoço e na coluna no início de Novembro de 2019. Houve complicações; o braço e mão direitas estavam parcialmente paralisadas, além de uma sensação de fraqueza no corpo.

Desde aquela entrevista em Janeiro, Don tem se sentido muito melhor e os médicos acredita que ele se recuperará totalmente, mas levará tempo. Ele ainda tem dificuldade em segurar coisas e, nesse momento, está impossibilitado de tocar guitarra, mas nada disso afetou sua voz.

Assim sendo, não há nenhuma mudança no calendário de shows da banda".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

JEFF SCOTT SOTO DIZ: "NÃO QUERO ENGANAR NINGUÉM"

O grande Jeff Scott Soto, circa 2020 Em anos recentes, cada vez mais artistas têm usado recursos tecnológicos para que seus shows soem mais ...