sexta-feira, 6 de junho de 2014

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Quando Sammy Hagar foi efetivado como vocalista do Van Halen, ele ainda precisava gravar mais um álbum para a Geffen Records, por força de contrato. O problema foi resolvido em míseros dez dias e o álbum, originalmente batizado com o nome de Hagar, ganhou o título de "I Never Said Goodbye", através de um concurso realizado pela MTV, e um dos singles responsáveis pela sua promoção foi "Give To Live", uma das mais marcantes canções daquele álbum. Com uma bela canção nas mãos, um grande vocalista e excelentes músicos, o resultado só podia ser acima da média.

A excelente "Give To Live" é um mid-pacer cujo arranjo privilegia os teclados ao longo dos versos, ganhando a companhia da guitarra nas b-sections e refrão. A linha de baixo - cortesia de ninguém menos que Eddie Van Halen - também merece destaque, mas o grande trunfo dessa canção é, na verdade, o monstruoso vocal de Mr. Hagar. Seja nos versos, b-sections ou, especialmente, no refrão, ele tem um desempenho absurdo e o faz sem muito esforço, e o conjunto de elementos resulta em uma canção marcante e que se destaca não apenas no tracklist do álbum, mas também na longa discografia de Hagar. Ouça sem a menor moderação...

Em seguida temos "When The Hammer Falls", onde Hagar resgata sua aura rocker em uma canção onde as guitarras assumem a frente, acompanhadas por uma bateria no melhor estilo bate-estaca e um baixo pulsante. Com arranjo bastante simples, a canção apresenta métrica igualmente despida de qualquer requinte, mas Hagar construiu sua carreira com canções diretas como essa. Me agrada muito o andamento dessa canção, assim como as b-sections e o refrão explosivo onde Hagar, como sempre, solta a voz de maneira única. Se você curte o lado mais agitado da carreira de Hagar, certamente essa canção tem um lugar especial em seu coração. E não poderia ser diferente. Outra canção que merece sua atenção e múltiplas audições.

Sammy Hagar, circa 1987
Sou absolutamente suspeito para falar sobre Sammy Hagar. Já acompanhava sua carreira solo antes de ele ser recrutado pelo Van Halen (notícia que me fez urrar de alegria na época) e minha admiração pelo cara se mantém inabalada, mesmo com álbuns irregulares ao longo da carreira. Ainda, o considero o melhor vocalista que o Van Halen já teve e digo isso porque tive o privilégio de vê-lo com a banda em várias ocasiões entre 1988 e 1991 e, acreditem, testemunhar o desempenho vocal do cidadão "in loco" é arrepiante. Mas a importância de Sammy Hagar transcende a banda dos holandeses e se sustenta em pernas próprias, e a recomendação dessa semana é uma prova cabal disso. Se você já está familiarizado com os excelentes sons do "Red Rocker", sabe que não há exagero algum em minhas palavras. Mas se você, por algum motivo obscuro, ainda não foi iniciado na arte dos bons sons de Mr. Hagar, recomendo uma correção de curso rápida. Você não faz ideia de quanta coisa boa está deixando de lado...

SAMMY HAGAR - Give To Live (7" Promo)
Released in 1987 via Geffen Records (Japanese Pressing)
Cat. #P-2279

Tracklist
Side One
01 Give To Live
Side Two
01 When The Hammer Falls

Musicians
Sammy Hagar: vocals, guitars
Eddie Van Halen: bass, backing vocals
David Lauser: drums, backing vocals
Jesse Harms: keyboards, backing vocals
Albhy Galuten: percussion, additional keyboards

Nenhum comentário:

Postar um comentário

STEPHEN PEARCY DIZ QUE O NOVO ÁLBUM DO RATT SERÁ "MUITO DIFERENTE" DE SEU ANTECESSOR

O veterano Stephen Pearcy, circa 2017 E o antecessor foi "Infestation" , de 2010. Nesse meio tempo, vale lembrar a briga judi...