sexta-feira, 30 de setembro de 2016

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Dois anos depois do excelente "7", os britânicos do Seven voltam à ativa com "Shattered", álbum que traz uma série de mudanças em relação ao trabalho de 2014. A primeira delas é que Mick Devine é o único remanescente da formação original. A outra é que  o novo álbum traz composições assinadas por Jeff Paris, Fredrik Bergh e Keith McFarlane, o guitarrista original da banda. Musicalmente, "Shattered" segue a mesmíssima linha do trabalho anterior, mas não se restringindo a ser uma mera cópia. Ao contrário, o novo álbum do Seven tem identidade própria e qualidade de sobra...

Com teclados e guitarras onipresentes, os rockers "Light Of 1000 Eyes", "A Better Life" (um dos destaques do álbum) e "Fight" (outro destaque) abrem os trabalhos mostrando a linha melódica que "Shattered" traz, onde todos os elementos são apresentados em harmonia e cuidadosamente distribuídos. Assim sendo, recomendo volume máximo e múltiplas audições de cada uma das fixas citadas...

O excelente mid-pacer "Shattered" tem um refrão explosivo e marcante, o que torna essa canção um dos destaques do álbum, assim como acontece com o rocker "Pieces Of You" e com "Broken Dream", outro mid-pacer caprichado que figura entre os destaques do álbum. Para cada uma dessas canções, volume máximo e nenhuma moderação...

Mick Devine, circa 2016
O rocker "High Hopes" tem uma inegável aura 80's e um refrão arrasador, o que a transforma em um dos destaques do álbum, da mesma forma que o mid-pacer "I Needed Time" com sua linha de baixo em primeiro plano e refrão cativante é apontado como sendo destaque. Na mesma linha, mas com approach mais pesado, o mid-pacer "Last Illusion" (outro destaque) empolga pela linha envolvente de baixo e bateria, enquanto o espetacular rocker "World Of Make Believe" (mais um destaque) fecha o álbum de maneira irretocável, reunindo todos os elementos que compõe esse álbum em uma canção.

Em resumo, caríssimas e caríssimos, "Shattered" mostra que o Seven voltou para ficar e, mais importante, para ser reconhecido com um dos grandes nomes do AOR contemporâneo. Com melodias muito bacanas e que não soam como tudo o que há por aí, o Seven vai resgatando o espaço que começou a conquistar no final da década de 80, e com muita propriedade. E não há como deixar de citar as impressionantes performances de Mick Devine, que também é co-autor de cada uma das canções do álbum. Me traz muita alegria ver uma banda como Seven, em pleno 2016, praticando um AOR contemporâneo e, ao mesmo tempo, cercado de influências oitentistas, mas sem soar datado. Não há absolutamente nenhuma dúvida que "Shattered" não é apenas um álbum mais que recomendado, mas também um dos melhores e mais consistentes lançamentos do ano...

SEVEN - Shattered
Released on Sep. 23rd, via Rubicon Music (Japan)
Cat. #RBNCD-1217

Tracklist
01 Light Of 1000 Eyes
02 A Better Life
03 Fight
04 Shattered
05 Live This Life
06 Pieces Of You
07 Broken Dream
08 High Hopes
09 I Needed Time
10 Taking Over
11 Last Illusion
12 World Of Make Believe

Musicians
Mick Devine: vocals
Lars Chriss: guitars, drums
Andy Loos: bass
Fredrik Bergh: keyboards (on tracks 4/5/6/7/8/9/12)
Kay Backlund: keyboards (on tracks 1/2/3/10/11)
Sören Kronqvist: additional keyboards (on track 6)
Nigel Bailey: backing vocals
Lin Devine: backing vocals

Nenhum comentário:

Postar um comentário

AVISO

Caríssimas e caríssimos Hoje me dirijo à São Paulo para o show dos irlandeses do U2. Com isso, a Recomendação Da Semana não será...