quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

GEDDY LEE E SEUS SENTIMENTOS PÓS-RUSH

O legendário Geddy Lee, circa 2015
Os canadenses do Rush encerraram sua tour de 40 anos em Agosto de 2015, cm um monumental show no Forum de Los Angeles.

Questionado pelo The Guardian sobre se ele sabia que aquele seria, de fato, seu último show com a banda, o baixista/vocalista/tecladista Geddy Lee respondeu: "Não 100%. Neil estava irredutível que seria, ele realmente tocou como se aquele fosse o último show. E é por isso que ele deixou a bateria ao fim do show e nos deu um abraço ainda no palco, algo que nós jamais imaginaríamos ser possível. Eu estava um pouco otimista. Mas não. Acredito que Alex aceitou melhor aquele show como sendo o fim. E acho que fomos muito bem naquela noite, mas é difícil dizer, porque ficamos emotivos nos últimos 20 minutos. Foi a primeira vez que fiquei com nó na garganta em frente ao microfone. Então acredito que parte de mim sabia".

Lee ainda confessou sentir falta de tocar com o Rush: "Eu não sinto falta de viajar com o Rush. Eu sinto falta de estar no palco com aqueles caras porque foi uma honra singular para mim. Tenho certeza que tocarei ao vivo algum dia, mas nunca substituirá a intensidade daqueles shows de 3 horas do Rush. Aquilo me desafiou a atingir meu auge e isso é algo raro nessa vida".

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O QUE NOS AGUARDA EM 2019???

Coisas bem bacanas chegarão em 2019 Os britânicos da Escape Music têm alguns álbuns bem interessantes agendados para o ano. A maioria d...