sexta-feira, 26 de maio de 2017

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

A Suécia é mais que bem sucedida em nos surpreender com boas novidades quando o assunto é AOR/Melodic Rock e o mais novo nome que merece atenção nessa categoria é o Crey3, projeto que acaba de lançar um EP com apenas três canções, mas que revelam alta qualidade de composições e execução. Com nomes conhecidos dentro do cenário, essa turma investe na sonoridade que se apoia nas estruturas mais tradicionais do AOR, juntando à elas elementos contemporâneos que geram um resultado bastante equilibrado, fazendo uma ponte entre o que mais gostamos e o que esperamos dos bons sons. E o que esses caras criaram é muito, mas muito animador...

Comecemos com "Straight To The Top", um rocker excelente que coloca os teclados na linha de frente, acompanhados de perto por guitarras precisamente distribuídas em uma base crescente e que passa por b-sections discretas, mas que te conduzem a um refrão explosivo, onde tudo o que parece contido na canção explode - ainda que de maneira controlada -  em todas as direções, especialmente quando Strandell solta a voz. Grande canção que merece múltiplas audições e sua total atenção.

Em seguida temos "Never Too Late", canção que resume de maneira inequívoca a tal mistura da estrutura AOR mais tradicional com elementos mais contemporâneos. Aqui, a combinação e distribuição dos teclados e guitarras é perfeita, sem que um instrumento invada o espaço do outro. Ainda, a canção é absurdamente envolvente e conta com um refrão arrasador e grudento, exatamente como todo bom AOR/Melodic Rock deve ser. A sonoridade remete aos melhores momentos do H.E.A.T. já com Erik Grönwall e, assim sendo, não há dúvidas de que essa canção é o grande destaque desse EP e, por isso mesmo, merece múltiplas audições, volume máximo e sua irrestrita atenção.

Finalmente, temos a releitura da clássica "No Easy Way Out", gravada por Robert Tepper em 1985 para a trilha sonora de "Rocky IV". Pessoalmente, não gosto de covers porque, salvas raríssimas exceções, as mesmas não fazem jus às originais. E é exatamente o que acontece aqui. Apesar de o instrumental estar bem amarrado - apesar da bateria eletrônica que confere uma aura ainda mais retro - o sotaque sueco de Strandell é impossível de ignorar em vários trechos da canção. 

Ainda, sua voz não tem o drive que Tepper desfila com facilidade e, não adianta, toda vez que uma cover surgir, a inevitável comparação com a original também aparece. Me parece um desperdício usar uma cover ao invés de promover material próprio, mas enfim, cada um com seu cada qual.

Crey3, circa 2017, durante as gravações de seu
 primeiro álbum a ser lançado ainda neste ano
Em resumo, caríssimas e caríssimos, o Crey3 surge como um nome a ser observado. Levando em conta suas canções autorais, acredito estarmos prestes a ver o surgimento de uma bela novidade. Ainda, vale registrar que Strandell já não está mais com a banda, tendo Robin Jidhed - filho do veterano Jim Jidhed) como frontman enquanto as gravações de seu primeiro álbum acontecem. 

E falando em álbum, a banda acaba de assinar um contrato para vários álbuns com ninguém menos que a Frontiers Records, mantendo em seu lineup Gullstrand, Örsta, Rönning e Filipsson, além do guitarrisa Fredrik Joakimsson. Prepare-se porque tem coisa boa chegando ainda em 2017...

CREY3 - Straight To The Top EP
Released independently in March 2017.
Cat. # not available

Tracklist
01 Straight To The Top
02 Never Too Late (ouça aqui)
03 No Easy Way Out

Musicians
Alexander Strandell: vocals
Andreas Gullstrand: guitars
Andrée Theander: guitars
Gustaf Örsta: bass
Linus Abrahamson: bass
Erik Wiss: keyboards
Joel Rönning: keyboards
Carl Tudén: drums
Arvid Filipsson: drums
Christopher Borg: backing vocals
Philip Lindstrand: backing vocals

Nenhum comentário:

Postar um comentário

RECOMENDAÇÃO DA SEMANA

Existem várias bandas por aí que buscam emular os excelentes sons do Toto , mas poucas conseguem resultados satisfatórios, ainda mais qua...